Aspectos motivacionais da profissão docente universitária
Aspectos motivacionais da profissão docente universitária

Bettina Steren dos Santos, Camila de Barros Rodenbusch, Denise Dalpiaz Antunes

Resumo



A motivação humana configura-se em processos motivacionais e são muitos os elementos em sua especificidade e particularidades, pois, perpassam a caminhada docente, entre auto-formação e formação acadêmica, iniciando-se com desejos próprios do professor. Já na práxis educativa é necessário compreender como a motivação é entendida pelo docente, na perspectiva de ajudar a desencadear os motivos intrínsecos de cada aluno. Este artigo é parte de uma pesquisa desenvolvida pelo Grupo de Pesquisa Processos Motivacionais em Contextos Educativos (PROMOT) da PUCRS. Especificamente, a intenção desse estudo é saber como os professores no Ensino Superior concebem a motivação e como ela interfere na prática pedagógica. É um estudo de caso qualitativo, com análise das falas de sete professores universitários e posterior descrição e exploração dos aspectos motivacionais com suas atuações no Ensino Superior numa Universidade Privada do RS. A partir da análise de conteúdo (Bardin, 2004), apresentam-se as categorias, a priori, Concepção de Motivação: revelaram-se diferentes entendimentos acerca da motivação. A posteriori, Trajetória Acadêmica: é um caminho longo que exige muito empenho e dedicação dos que fazem parte do mundo univeristário; História de vida e Autorealização: as vivências desde a infância embasam a formação profissional e servem de modelo para a construção das metas; Formação Pessoal e de Futuras Gerações: evidenciou-se a preocupação de tornarem-se pessoas melhores para a educação das futuras gerações.

Palavras-chave
Processo motivacional; Docência universitária; Prática docente

Abstract
Human motivation is configured as motivational processes, affected by various factors that interfere with their specificity and peculiarities. These motivational processes permeate teacher’s own path, such as self-training and academic training, which begins with intentions and desires of each teacher, long before completing his/her undergrad courses and professional experiences. Regarding educational practices, it should be understood how motivation is understood by teachers, as it helps triggering students´s intrinsic motives. This article is part of an extensive research work, which is ongoing, conducted by the Research Group Motivational Process in Educational Contexts (PROMOT) at PUCRS. The intention of this study is to find out how Higher Education professors conceive motivation and how it interferes with their teaching practice. It is a qualitative research based in case study in which the speeches of Health area professors were analyzed. The sample was composed of seven professors of a private university in RS, Brazil. To achieve the research objective the Bardin( 2004) content analysis was used. The Pre categories found were: Conception of Motivation: revealed different understandings of human motivation. Post categories were: Academic Career: it is a long path which requires much commitment and dedication of those who are part of the university world; Life history and self-fulfillment: the experiences from childhood are the foundation of training and serve as a model for the construction of goals; Concern with Personal and Professional Training of Future Generations: Adults, supposedly mature, generally are concerned in helping and being useful in relation to other individuals.

Keywords
Motivational process; university teaching; teaching practice


Palavras-chave


Processo motivacional; Docência universitária; Prática docente

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Parceiros / Apoio
AbecIbict
Licença Creative CommonsWorldCatISSN 1676-2592