Faculdade de Educação homenageará professor Joaquim Brasil Fontes

A homenagem acontecerá no dia 18 de outubro no Salão Nobre da FE e contará com exposição de textos, livros, desenhos e fotos no saguão da Biblioteca

Juliana Marques Lourenço | 17/10/2019 | Atualizada 22/10/2019 - 11:39

A Faculdade de Educação da Unicamp vai realizar nesta sexta-feira, 18 de outubro de 2019, a partir das 14 horas, no Salão Nobre da FE, homenagem póstuma ao escritor, poeta, tradutor e professor Joaquim Brasil Fontes Júnior, falecido em 11 de julho deste ano.

O objetivo da homenagem, que foi planejada por alguns colegas e ex-alunos do professor Joaquim, tem o propósito de reunir as pessoas para celebrar a poesia e brindar a vida.

A homenagem incluirá uma exposição de textos, livros, desenhos e fotos no saguão da biblioteca da Faculdade de Educação (Prédio Professor Paulo Freire, térreo, bloco D).

Além da homenagem na FE,  o professor foi homenageado no Centro de Ciências, Letras e Artes (CCLA) no dia 14 de outubro de 2019. A homenagem, que foi marcada nesta data porque Joaquim completaria 80 anos de idade, contou com depoimentos de pessoas que conviveram com Fontes durante a sua vida e que se reuniram para relembrar aspectos da sua personalidade, sua obra intelectual e artística, assim como sobre o seu trabalho com a cultura, que abrangia desde a tradição greco-latina até a modernidade, sobretudo a de inspiração francesa.

Carreira

Graduado e licenciado em Filosofia (1969) e, em Letras, (Francês/Português, 1972) pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas, Joaquim Brasil fez mestrado (1973) e doutorado (1977) em Letras Modernas, na Universidade de Besançon. Entre 1978 e 1979, seguiu cursos, no quadro de um pós-doutorado, no Collège de France e na École des Hautes Études, ambos em Paris. Em 1989, defendeu na Unicamp a tese de Livre Docência sobre a lírica de Safo de Lesbos. Fez carreira como docente e pesquisador na Faculdade de Educação (FE) da Unicamp, onde coordenou o Grupo de Estudo Interdisciplinar em Sexualidade Humana (GEISH), no âmbito do qual desenvolveu pesquisas sobre erotismo e sexualidade, no horizonte das literaturas clássicas e modernas.

 

Para conferir mais fotos, clique aqui.