Estudantes da FE organizam atividades de mobilização por cotas étnico-raciais na Unicamp

Reitoria apresentará durante reunião do CONSU proposta de projeto que aprova cotas no vestibular

29/05/2017 | Atualizada 29/05/2017 - 17:26

Estudantes da Faculdade de Educação, reunidos em assembléia na última quinta (25), decidiram paralisar suas atividades nesta terça-feira (30) para somarem à mobilização por um sistema de cotas étnico-raciais no vestibular da Unicamp a partir de 2019. Além da paralisação, atividades culturais estão programadas para esta segunda e terça. Confira a programação completa:

29 de maio de 2017

10h - Du Kiddy com participação de Aluísio Alberto, no Teatro de Arena da Unicamp
12h - Escola de Capoeira Angola Resistência - Núcleo Moradia e FE/Unicamp
14h - Mesa: Desafios para além das cotas: racismo institucional na Universidade, no Auditório da Adunicamp.
16h - Raquel Trindade e Urucungos, Puitas e Quijengues: história da cultura negra dentro da Unicamp - roda de conversa e samba de bumbo. Local: Teatro de Arena
18h - Preta Rara . Local: Teatro de Arena
20h - MCLinn da Quebrada. Local: Teatro de Arena

30 de maio de 2017

Grande ato pela implantação das cotas na Unicamp

7h - Concentração para o ato em frente a Reitoria
9h - Início das votações do Conselho Universitário da Unicamp (CONSU)