Questionário com o tema "Educação das Relações Étnico-raciais" é lançado para ajudar educadores em suas experiências

Questionário sobre o ensino da história da África e Indígena e das Africanidades ficará disponível até 30 de setembro

31/08/2018 | Atualizada 15/10/2018 - 14:42

Desde os anos 2000, tem sido instituído um conjunto de leis e regramentos para orientar o ensino de história da África e Indígena e das Africanidades, para promover, assim, uma educação de relações étnico-raciais pautada na justiça, na equidade e no respeito. A promulgação das leis e a construção do MIPID antecederam as ações voltadas à promoção da educação étnico-racial, no município de Campinas.

A pesquisa, que, visa garantir a inviolabilidade do direito ao sigilo e o respeito com os seus participantes, é fruto de uma iniciativa integrada entre a Câmara dos Vereadores, a Secretaria Municipal de Educação, a Faculdade de Educação da Unicamp e a Pró-Reitoria de Extensão do Instituto Federal de Educação Tecnológica de São Paulo. Como o próprio site diz, "os dados serão tratados de forma global e em nenhum momento serão divulgados dados sobre sujeitos ou escolas de forma nominal".

O questionário ficará disponível dentre os dias 15 de agosto a 30 de setembro. O preenchimento dos dados, como educador, é de extrema importância como forma de melhor conhecerem as experiências singulares com a educação das relações étnico-raciais, as dificuldades, os obstáculos, os avanços, na direção de construírem um projeto cada vez mais sólido e um sistema de apoio à esse trabalho.

Para preencher o questionário e mais informações, clique no link a seguir: http://educacaoconectada.campinas.sp.gov.br/questionario-etnico-racial-2018/