VI Colóquio de Pesquisa Educação e História Cultural

O VI Colóquio de Pesquisa Educação e História Cultural, ocorrido nos dias 27 a 29 de março de 2019, foi dedicado à Raymond Williams e a diferentes áreas de conhecimento que dialogam com os estudos culturais (pensamento social, sociologia, literatura, cinema, história e política).

O foco principal foi promover a discussão histórica sobre a cultura e as suas instituições entre pesquisadores e pesquisadoras e também estudantes de pós-graduação do Brasil e do exterior. O tema de discussão deste Colóquio Internacional abordou "Por que ler Raymond Williams no século XXI? Crises, dilemas e desafios teórico-práticos na contemporaneidade" com o propósito específico de tratar dos objetos de pesquisa, âmbitos de preocupação e métodos de análise teórico-práticos que a história cultural tem privilegiado atualmente e, assim, oferecer subsídios para a pesquisa histórica da cultura, da educação, da comunicação, do livro e da leitura, das representações do culto e do inculto e da cultura material.

O evento contou com a presença de Daniel G. Williams, professor de Literatura Inglesa e Diretor do Richard Burton Centre for the Study of Wales na Universidade de Swansea. Estudou na Universidade de East Anglia, Harvard University, e na Universidade de Cambridge (King’s College). Foi professor visitante na Universidade de Harvard, em 2012, e Diretor do Centre for Research into the Literature and Language do País de Gales entre 2007e 2010. É autor de vários livros, dentre eles, Beyond the Difference: Welsh Literature in Comparative Contexts (University of Wales Press, 2004), a coleção Raymond Williams’s writings, Who Speaks for Wales? Nation, Culture, Identity (University of Wales Press, 2003) e a edição de duas obras: Comparative American Studies on ‘The Celtic Nations and the African-Americas’ (2010) e Keywords on ‘Raymond Williams in Japan’ (2011).

Foi uma iniciativa da linha de pesquisa Educação e História Cultural do Programa de Pós-Graduação em Educação da Faculdade de Educação da Universidade Estadual de Campinas, e realização do LECHES – Laboratório de Estudos de Cultura, História, Educação e Sociologia (FE/UNICAMP) e do LAISA – Laboratório de Investigação em Sociologia da Arte (FE/UNICAMP).

  • VI Colóquio de Pesquisa Educação e História Cultural