FAPESP publica novos comunicados sobre COVID-19

A Direção da FAPESP emite hoje, 1º de julho, dois comunicados voltados à comunidade científica e tecnológica do estado de São Paulo

Fabiana Alves | 02/07/2020 | Atualizada 02/07/2020 - 14:52
  • Fundação traz novas orientações sobre documentos necessários à submissão de propostas, um novo cronograma de prorrogação de compromissos e anuncia o retorno das análises para pesquisa no exterior (imagem: CDC)

A Direção da FAPESP emite hoje, 1º de julho, dois comunicados voltados à comunidade científica e tecnológica do estado de São Paulo, em função da continuidade das medidas de contenção ao agravamento da epidemia de COVID-19 e dos questionamentos que estão sendo encaminhados à Fundação.

Composto de quatro itens, o Comunicado nº 6 estabelece, entre outras coisas, um protocolo de normas e práticas para a apresentação online de documentos necessários à submissão de propostas – como documentos de contrapartida institucional, de aprovação pelo órgão colegiado da instituição, histórico escolar e declaração de terceiros – tendo em vista contornar as limitações impostas pelas medidas de isolamento a meios físicos de autenticação. 

O Comunicado nº 6 também anuncia um novo cronograma de entrega de todas as Prestações de Contas, Complementos de Prestação de Contas, Relatórios Científicos e Atas de Defesa, visto que a última prorrogação fixava como data final o dia 1º de julho. Assim, a partir de hoje, estará valendo a seguinte escala para prorrogação de compromissos: entrega até 31/07/2020 para compromissos com vencimento original em março e abril; até 30/08/2020 para compromissos com vencimento original em maio e junho; e até 30/09/2020 para compromissos originalmente vencendo  em julho e agosto.

Solicitações de pesquisa e estágio no exterior

Por meio do Comunicado nº 7, a FAPESP volta a habilitar e analisar solicitações de Bolsa de Pesquisa no Exterior (BPE) e Bolsa Estágio de Pesquisa no Exterior (BEPE) – exclusivamente nos casos em que já não haja restrições às viagens internacionais previstas e já tenham sido normalizadas as atividades presenciais nas instituições do exterior.

As solicitações deverão ser feitas via SAGe  e devem conter documentos com a permissão do consulado do país onde está localizada a instituição parceira, declaração de companhia aérea atestando a disponibilidade de voos para o país sede do parceiro, carta do responsável pela supervisão do estágio no exterior declarando sua concordância em receber o bolsista, além de carta do orientador da Bolsa BEPE contendo justificativa científica comprovando a necessidade de realização do estágio.

Ainda sobre BPE e BEPE, o Comunicado nº 6 também orienta pesquisadores sobre usar o SAGe para solicitar reconsideração de valores descontados (devido à redução da vigência da Bolsa) e solicitar suplementação de valores de despesas de transporte em decorrência da COVID 19.

FONTE: portal FAPESP.