Sobre o Mestrado Profissional em Educação Escolar

O Programa de Mestrado Profissional em Educação Escolar da FE/UNICAMP constitui-se como uma modalidade de formação profissional e continuada voltada aos profissionais da Educação. Trata-se de uma modalidade de formação em nível de pós-graduação stricto sensu, composta por estudos,  trabalhos e atividades de pesquisa aplicadas à prática profissional.  Assume características próprias à medida que se diferencia:  
 
  a) dos cursos de extensão lato sensu, cujas particularidades estão previstas na Lei de Diretrizes e Bases (9394/1996) e apontam que esses devem ser abertos  “à participação da população, visando à difusão das conquistas e benefícios resultantes da criação cultural e da  pesquisa  científica  e  tecnológica  geradas  na  instituição;”    A  Unicamp  regula   e  prevê  que  os  cursos  de  especialização,  são  voltados aos graduados, contam com carga horária mínima de 360  horas-aula, e tem como objetivo proporcionar especialização “em  setores restritos das atividades acadêmicas e profissionais. Pondera-  se, com base na análise das normas internas à Unicamp que a  despeito de basear-se na LDB não atendem à Resolução CES/CNE  nº 01 de 08/06/2007 e podem não ser reconhecidos, pelo setor  público, como meio de promoção na carreira. 
 b)   Do  mestrado  acadêmico,  que  conforme  indicação  da  CAPES  é   voltado  essencialmente  à  formação  para  a  carreira  acadêmica,   como disposto na LDBE de 1996 e no PNE de 2014. 

 

O curso de Mestrado Profissional aqui proposto, deve privilegiar, no processo formativo, as práticas escolares e pedagógicas na educação básica e a atuação dos profissionais no âmbito das políticas públicas educacionais fundamentalmente na gestão, no planejamento e na avaliação das escolas e sistemas de ensino.

 

Coordenação do curso: Profa. Dra. Mara Regina Martins Jacomeli

 

Público-alvo: professores/gestores/profissionais da educação básica, preferencialmente das redes públicas de ensino.

 

Projeto político-pedagógico do Curso