Pro-Posições - v. 23, n. 2 (2012) Dossiê: Novas Relações Estado e Sociedade: tensões entre o público e o privado na Educação

Este número da revista traz o dossiê que trata das complexas relações entre o Estado e a sociedade, tendo como foco principal a oferta de educação e as responsabilidades do Estado quanto às demandas sociais contemporâneas. O conjunto de artigos neste dossiê aborda aspectos da descentralização da educação escolar no Brasil, dos avanços de um tipo de privatização da educação pública, realizada por meio de convênios entre o poder público e a iniciativa privada. Estende sua análise às ofertas de serviços à esfera pública, no campo da escolarização, por parte de organizações não governamentais – ONGs.


Permite que o leitor interprete o fenômeno educacional em âmbito latino-americano: apresenta dois artigos sobre a realidade chilena e as novas configurações conceituais referentes ao que é efetivamente o público e o privado em educação, trazendo ainda à consideração os impactos dos sistemas internacionais de avaliação e de ranqueamento sobre o sistema nacional de educação. Um artigo de pesquisadores argentinos dá conta de demonstrar, por outro lado, o longo processo de privatização sofrido recentemente pela escolarização outrora altamente reconhecida e pública do país vizinho. 


Dentro da sessão Artigos encontram-se estudos e pesquisas em torno das questões de gênero e sexualidade, problemas recorrentes no debate entre educadores, e análises sobre as estratégias educativas decorrentes do modelo de escola competitiva que adentra o espaço da educação pública no Brasil. Assim, a revista Pro-Posições continua um veículo que põe em circulação reflexões e análises presentes no espaço da educação, nos debates de interesse de acadêmicos e estudantes da área. 


Convido o leitor a visitar a seção Leituras e Resenhas, que vem em novo formato, acolhendo apresentação e leitura crítica de obras de interesse das ciências da educação.