Pro-Posições - v. 17, n. 2 (2006) Dossiê: Temas e tendências na perspectiva histórico-cultural

Este número da revista Pro-Posições coloca em destaque um conjunto de trabalhos ligados à perspectiva histórico-cultural, cujos fundadores são bem conhecidos entre nós: Vygoski, Luria, Leontiev e Bakhtin. Coordenado pela Profa. Dra. Ana Luiza B. Smolka - uma das primeiras pesquisadoras a explorar, em nosso meio, as possibilidades de estudos abertas por essa corrente -, o dossiê aborda diferentes temas, tais como memória, imaginação, formação de conceitos, valores e crenças, desenvolvimento psicológico, linguagem e discurso, relacionados às práticas educacionais e/ ou sociais mais amplas. Os textos foram escritos por pesquisadores (re)conhecidos em nosso meio acadêmico; dois deles - Prof. Y. Clot e Prof. D. Middleton - são professores estrangeiros e estiveram em visita à Faculdade de Educação neste ano, trazendo contribuições originais e valiosas para o fomento de novas reflexões sobre essa perspectiva de trabalho. Em meio à diversidade de estudos, nota-se o quanto as questões relativas a significação, sentido e significado estão presentes, questões essas discutidas e compreendidas de diferentes maneiras. A pluralidade de temas e abordagens constitui um indício claro não apenas do vigor de idéias que foram sendo elaboradas desde as primeiras décadas do século passado, mas também do interesse que despertam as pesquisas realizadas nessa linha em profissionais de diferentes áreas, em particular, nos que atuam no campo educacional.


Além desses, o leitor encontra quatro artigos tratando de assuntos importantes e atuais: corpo e cinema; livros paradidáticos de língua portuguesa; trabalho docente e relação com questões de saúde das professoras; e política de descentralização educacional na França, que traz elementos importantes para repensarmos nossos próprios problemas. A assinalar, ainda, um relatório crítico de congresso sobre museus pedagógicos na Espanha e uma resenha sobre dois belos ensaios escritos por Lou Andréas-Salomé no início do século passado; neles discutem-se o amor e o erotismo, questões de vida e, por isso mesmo, pertinentes na composição de uma revista especializada em temas educacionais.


Luci Banks Leite

Editorial

Agueda Bernardete Bittencourt

Dossiê

Luci Banks Leite
Maria Cecília Rafael de Góes e Maria Nazaré da Cruz

Artigos

Norma Sandra de Almeida Ferreira e Elizabete Amorim de Almeida

Diversos e Prosas

Resenhas