Pro-Posições - v. 18, n. 2 (2007) Dossiê: Em multiplicidades nomeia-se currículo

Este número da Pro-Posições, além de artigos, resenhas e as partes III e IV do texto "A Dança Moderna", de Jonh Martin, para a seção "Diverso e Prosa", traz o dossiê "Em multiplicidades nomeia-se currículo", organizado pelo Professor Antonio Carlos Rodrigues de Amorim.

O dossiê apresenta enorme contribuição para o debate sobre currículo e escola, problematizando, até às raízes - superando a dita grade curricular - a produção e a reprodução de conhecimento, atingindo as origens da desigualdade.

Uma bibliografia pós-colonialista questionadora da educação para qualquer forma de subordinação exalta, na diversidade das temáticas aqui apresentadas, a possibilidade de rompimento com uma cultura escolar prescritiva, indo da metáfora do loteamento à imagem da diáspora. Chamo a atenção para o trabalho gráfico de Gustavo Torrezan, que consta na apresentação feita pelo professor Antonio Carlos, que lá também nos diz: "outra vontade deste dossiê é aglutinar, na escrita, a dispersão caótica do pensamento sobre currículo, e deixar a caoticidade acontecer" . Fora dos modelos tradicionais de discussão do currículo, espero que a leitura deste dossiê permita o sonho de uma escola para as crianças e jovens onde, parafraseando Boaventura Sousa Santos, teremos a igualdade quando a diferença nos discrimina e teremos a diferença quando a igualdade nos descaracteriza.

Ana Lúcia Goulart de Faria

Editorial

Agueda Bernardete Bittencourt

Dossiê

Antonio Carlos Rodrigues de Amorim
Wladimir A. C. Garcia

Artigos

Maria Ângela Borges Salvadori
Luiz Roberto Gomes, Jomar Barros Filho,João Luiz Pegoraro, Dirceu da Silva e Fernanda Oliveira Simon

Diversos e Prosas

John Martin (1930)

Leituras e Resenhas