Filosofia e Educação - v. 5, n. 1 (2013) Espinosa: educação e infância

Há dez anos o estudo da filosofia de Espinosa era raro em faculdades de educação. Além de textos curtos e antigos, havia apenas umas poucas tentativas de avizinhar o pensamento espinosano do campo educacional. Recentemente, porém, começaram a ser feitas aproximações muito mais aprofundadas, seja em monografias de conclusão de curso, dissertações de mestrado, teses de doutorado ou em artigos científicos. Diante deste quadro, a produção de um dossiê exclusivamente destinado a explorar as relações entre espinosismo, educação e infância representa um passo importante no sentido da ampliação do conhecimento de Espinosa por educadores e pedagogos tanto quanto da consideração de questões pedagógicas por filósofos dedicados ao espinosismo. Eis o espírito que guiou a composição deste dossiê.

https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rfe/issue/view/327/showToc