Pós-Graduação

+55 19 3521-5634, +55 19 3521-5573, +55 19 3521-5691
Atualizado em 30/06/2021 - 14:56

Estrutura, Linhas de Pesquisa e Corpo Docente

O Mestrado Profissional é compreendido como uma modalidade distinta do Mestrado Acadêmico, por contemplar uma perspectiva pedagógica que enfatiza e prioriza a formação técnico-profissional para o aprimoramento dos conhecimentos adquiridos na graduação somados aos advindos da prática profissional.

Tem como principal característica da identidade distintiva do PPGEUNICAMP, o foco exclusivo na formação do profissional-educador-pesquisador para atuar nas instituições escolares. E é nessa direção que o estudante deverá desenvolver sua dissertação, na qual articule a teoria, o objeto de estudo e sua aplicação profissional relativa a uma das Linhas de pesquisa na qual esteja vinculado.

A saber:

1) Política, planejamento, gestão e avaliação da educação básica e;

2) Práticas Pedagógicas na Educação Básica, as quais serão descritas adiante.

Pretende-se, com o programa, a formação dos profissionais da educação básica para uma atuação transformadora dos procedimentos inscritos na prática profissional, via reflexão sobre a experiência, a prática profissional e a incorporação dos procedimentos científicos dedicados ao estudo da política, planejamento, gestão e avaliação e das práticas pedagógicas na educação Básica.

 

No propósito de viabilizar seus princípios e objetivos propõe-se, além de disciplinas obrigatórias e eletivas que se reportam às práticas profissionais, oficinas pedagógicas cuja finalidade é promover a articulação entre os conhecimentos, objeto de estudo e as práticas profissionais. Tais princípios, norteiam a estruturação do curso o qual terá duração de 24 meses, com carga horária de 360 horas, sendo assim distribuídas:

a) Disciplinas

A carga horária do MP no que tange às disciplinas é composta mediante realização de atividades obrigatórias, que totalizam 360 horas-aula. Os estudantes participarão, obrigatoriamente de todas as disciplinas, sendo que: uma será de Metodologia do trabalho acadêmico, outra do Catálogo Geral de Disciplinas do MP e duas delas poderão ser escolhidas pelo aluno, de acordo com a oferta na Linha, daí ser eletiva. Nas Linhas deverão ser oferecidos também dois módulos de oficinas pedagógicas (I e II) , versando sobre a construção e desenvolvimento dos projetos nas escolas. Para o desenvolvimento da dissertação do mestrado profissional, mais 120 horas destinadas à realização da pesquisa empírica, bem como à elaboração do texto final. A totalização de créditos soma 24.

 

Créditos Disciplina Carga Horária
03

Metodologia do trabalho acadêmico

45h
03

Oferecida no catálogo geral do curso de MP

45h
06

Oferecida no catálogo geral do curso de MP

90h
04

Oficina Pedagógica I (30h) e Oficina Pedagógica II

60h
04

Desenvolvimento e escrita da dissertação I 

60h

04

Desenvolvimento e escrita da dissertação II

60h

24 Total 360 horas

 

Área de concentração: Educação Escolar

Como apontado, o programa é composto por 2 Linhas de Pesquisa. Uma, destinada aos estudos relativos à política, planejamento gestão e avaliação da educação básica; e, outra, dedicada às análises acerca das práticas pedagógicas na educação básica. As quais são especificadas a seguir.

Linha 1. Política, planejamento, gestão e avaliação da educação básica

Ementa

Objetiva analisar a política e a gestão da educação básica considerando o contexto nacional, regional e local no qual essas se desenvolvem. Neste sentido, são aspectos privilegiados de investigação as ações referentes à política, planejamento, financiamento, avaliação, legislação e gestão da educação em seus diferentes níveis e etapas (educação infantil, ensino fundamental e ensino médio), modalidades de ensino (educação de jovens e adultos, educação a distancia e educação profissional).

Objetivos

1. Aprimorar os conhecimentos dos profissionais da educação na área de gestão em instituições da educação básica;

2. Permitir aos profissionais da educação a: análise, investigação e reflexão sobre a atuação do gestor educacional, por meio da articulação entre referenciais teóricos e práticas educacionais;

3. Possibilitar aos profissionais da educação o desenvolvimento de propostas alternativas e intervenção no trato de questões políticas, administrativas e de gestão no contexto escolar.

Justificativa

Compreendendo que o papel do gestor educacional envolve aspectos políticos, administrativos e pedagógicos, novas questões educacionais se configuram no cotidiano escolar, demandando a configuração de práticas e atuação profissional igualmente diferenciadas. A legislação educacional em vigência no Brasil, com destaque à Constituição Federal de 1988, a Lei de Diretrizes e Bases da Educação n. 9.394/96, o Fundo Nacional da Educação Básica  e  Valorização  dos  Profissionais  da  Educação  –  FUNDEB  –  Lei  n.

11.944/2007- o Plano Nacional de Educação (PNE), Lei n.13.005/2014 têm enfatizado a gestão escolar democrática, como forma de organização obrigatória às instituições educacionais públicas de nível básico, ressaltando, deste modo a necessidade de redefinição das atribuições, práticas e construção da identidade profissional do gestor educacional. Organizar o espaço escolar e suas atividades deixam de ser trabalho exclusivo do "diretor"/"administrador", pois este processo deverá envolver a comunidade escolar por meio da realização e legitimidade de um processo colegiado e participativo, configurado pelo princípio da gestão democrática. Diante deste contexto educacional, a Linha Política, Planejamento, Gestão e Avaliação da Educação Básica visa contribuir na formação de profissionais da educação, em particular no Mestrado Profissional em Educação Escolar, com o intuito de contribuir para a análise, a investigação e as práticas educativas nas áreas da política e gestão educacional, em instituições de educação básica.

Eixos temáticos e ementas: Linha 1 - Política, planejamento, gestão e avaliação da educação básica

Eixo 1. Avaliação Educacional

Promover análises voltadas à avaliação educacional, contemplando as aplicadas em larga escala, as externas, bem como as institucionais, as quais são definidas pela política pública e aplicadas nos sistemas educacionais.  A identificação das tendências internacionais e nacionais que orientam essas práticas é igualmente considerada, na medida em que interessa averiguar o grau de aproximação com a realidade local que elas conferem.

Professores: Geisa do Socorro Cavalcanti Vaz Mendes e Mara Regina Lemes de Sordi.

Eixo 2. Financiamento da Educação Básica

Visa abarcar as formas de financiamento previstas legalmente, bem como as relativas à privatização adotadas pelos poderes municipais, estaduais ou federais. A despeito das conquistas relativas ao direito à educação obtidas na Constituição Federal de 1988 e com a Emenda Constitucional n°59 de 2009, as questões relativas ao financiamento merecem estudos específicos, posto que a ampliação do direito não foi acompanhada de medidas de financiamento para lograr a qualidade de ensino.

Eixo 3. Planejamento Educacional

Privilegiam-se nas análises voltadas ao planejamento educacional aquelas vinculadas ao Plano Nacional de Educação, suas proposições e caminhos para sua materialização nas esferas públicas. A recuperação histórica auxilia a compreensão da construção dos planos, posto que permite avaliar a efetiva passagem do modelo tecnicista para o político. As formas de participação se configuram, igualmente, como um subtema importante no presente eixo temático, visando apreender a efetividade das concepções políticas em curso.

Professores: Newton Antonio Paciulli Bryan.

Eixo 4. Política da Educação Básica

Contempla-se no presente eixo temático a investigação da política educacional para além dos marcos legais que a constituem, mas aquela também voltada à análise crítica de suas definições e práticas que configuram a educação em diferentes contextos.

Professores: Adriana Missae Momma Bardela, Dirce Djanira Pacheco e Zan, Nima Imaculada  Spigolon, Roberta Rocha Borges, Regina Maria de Souza e Sandra Fernandes Leite, .

Eixo 5. Trabalho, Saúde e Subjetividade

Considera-se, nesse eixo temático, a estreita relação entre a política educacional, a gestão, o trabalho, a saúde e a constituição da identidade dos profissionais da educação.

Professor: Evaldo Piolli e Rosemary Passos.

Eixo 6. Gestão Educacional

Objetiva-se promover os estudos e pesquisas em gestão educacional que em razão de seu amplo espectro abrange uma multiplicidade de análises que situam as opções políticas que orientam o sistema educacional tanto do ponto de vista regulatório, bem como as relativas às ações dos envolvidos nesse processo.

Eixo 7 - Teorias Pedagógicas e Educação Escolar

Estudo e compreensão das diferentes teorias pedagógicas que se desdobram em diferentes concepções de educação, mobilizando distintas práticas educativas escolares.

Professores: José Claudinei Lombardi e Mara Regina Martins Jacomeli. 

 

Linha 2. Práticas Pedagógicas na Educação Básica

Ementa

Práticas pedagógicas na educação básica; Produção acadêmica (pesquisa aplicada) e a produção de conhecimento direcionado à organização do trabalho didático, aos conteúdos e aos processos pedagógicos; as teorias e as práticas ressignificadas na educação infantil, no ensino fundamental, no ensino médio (incluindo aí os conteúdos específicos e práticas do ensino de filosofia, por exemplo), bem como outras modalidades da educação básica, como a tecnológica e a profissional.

Objetivos

1. Possibilitar estudos e pesquisas sobre problemas da educação, mais especificamente, relacionados ao contexto escolar e às práticas educativas;

2. Contribuir para a formação continuada de profissionais qualificados para a docência na educação básica e para o desenvolvimento da pesquisa aplicada em instituições de ensino;

3. Favorecer o aprofundamento teórico conceitual e prático sobre o fenômeno educativo;

4. Criar ambiente para reflexões sobre propostas e práticas educativas, bem como sobre metodologias de pesquisa e produção de conhecimento científico na área de educação aplicada no contexto de trabalho.

Justificativa

Por entender que as práticas educativas são práticas sociais, o propósito da linha de pesquisa é contribuir para a compreensão e a prática da formação do sujeito na instituição escolar. Entende-se sujeitos, porque acreditamos que a escola assume a função básica de instrumentalizar os indivíduos para serem usuários autônomos do sistema de leitura e escrita, e capazes de interagir com o conhecimento acumulado pelas várias disciplinas científicas e com o modo de construir conhecimento que é peculiar da ciência. Diante do exposto, a Linha Práticas pedagógicas na educação básica visa contribuir para a formação de profissionais da educação básica, durante a realização do Curso de Mestrado Profissional em Educação Escolar, com o intuito de colaborar para a análise, a investigação e as proposições práticas na educação básica

Eixos e ementas: Linha 2 - Práticas Pedagógicas na Educação Básica

Eixo 1 - Teorias Pedagógicas e Educação Escolar.

Estudo e compreensão das diferentes teorias pedagógicas que se desdobram em diferentes concepções de educação, mobilizando distintas práticas educativas escolares.

Professores: José Claudinei Lombardi e Mara Regina Martins Jacomeli. 

Eixo 2 - Leitura, Escrita e Subjetividade. 

Estudo dos processos de apropriação e desenvolvimento da leitura e da escrita no contexto escolar e da proeminência da cultura escrita no interior dessa instituição. O processo de constituição do leitor/escritor.

Professores:  Maria José Pereira Monteiro de Almeida e Rosemary Passos.

Eixo 3 - Práticas Inclusivas na Educação Básica.

Concepção de diferenças, subjetividades e educação inclusiva. Práticas pedagógicas e a inclusão. O papel da escola em resposta às diferenças individuais. Políticas públicas e legislação relativa às diferenças e a escolarização.

Professores: Ângela Fátima Soligo, Aryane Santos Nogueira, Elisabeth Barolli, Lilian Cristine Ribeiro Nascimento, Regina Maria de Souza e Maria Teresa Egler Mantoan.

Eixo 4 - Desenvolvimento Humano e Educação. 

Contribuições de perspectivas teóricas em Psicologia e suas implicações práticas para o estudo e compreensão de questões relacionadas ao desenvolvimento humano, às práticas educativas sociais e escolares.

Professores: Orly Mantovani Zucatto de Assis.

Eixo 5 - Arte, Corpo e Tecnologia na Educação. 

A arte na formação dos educadores. As diferentes linguagens artísticas e corporais. As práticas educativas escolares mediatizadas pela tecnologia digital. O uso das Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC’s) na educação, na prática da Robótica Educacional no contexto dos Ensinos Fundamental, Médio e Técnico.

Professores: Adriana Carvalho Koyama, Adriano Salmar Nogueira e Taveira, João Vilhete Viegas D'Abreu, Rogério Adolfo de Moura e Sérgio Ferreira do Amaral. 

Eixo 6 - Formação de Professores e Profissão Docente. 

Compreensão do trabalho docente tomando como foco de atenção a formação inicial e continuada do professor. Aspectos relativos ao cotidiano escolar e a dimensão subjetiva da constituição do sujeito.

Professores: Adriana Carvalho Koyama, Adriana Varani, Andre Luiz Correia Gonçalves de Oliveira, Claudia Beatriz de Castro Nacimento Ometto, Claudia Amoroso Bortolatto, Dirce Djanira Pacheco e Zan, Eliana Ayoub, Guilherme do Val Toledo Prado, Inês Ferreira de Souza Bragança, Liana Arrais Serodio, Márcia Maria Strazzacappa Hernandez, Maria José Pereira Monteiro de Almeida, Nima Imaculada Spigolon e Roberta Rocha Borges. 

Eixo 7 - Ensino de Filosofia. 

Estudos e investigações sobre: História do Ensino de Filosofia no Brasil; as principais correntes teóricas de concepções concernentes a esse ensino; temas e problemas do ensino de Filosofia; a prática pedagógica e os procedimentos metodológicos, visando à produção de material didático para uso nos vários níveis de ensino; as políticas públicas para o ensino de Filosofia.

Professor: Rene José Trentin Silveira. 

Eixo 8 – Educação Matemática: Formação e Ensino.

Estudo e análise de propostas e práticas pedagógicas em Matemática; Análise e Compreensão do trabalho docente de professores que ensinam Matemática na Educação Infantil, no Ensino Fundamental e no Ensino Médio, tomando como foco a formação inicial e continuada; Desenvolvimento profissional docente; Pesquisa da própria prática.

Professores: Alessandra Rodrigues de Almeida, Ana Letícia Losano, Miguel Ribeiro, Dário Fiorentini, Miriam Cardoso Utsumi, Sérgio Apparecido Lorenzato e Vanessa Moreira Crecci.

Corpo Docente 

Docentes credenciados no Programa:

ADRIANA MISSAE MOMMA BARDELA

ADRIANA CARVALHO KOYAMA

ADRIANA VARANI

ADRIANO SALMAR NOGUEIRA E TAVEIRA

ALESSANDRA RODRIGUES DE ALMEIDA

ANA LETÍCIA LOSANO

ANDRÉ LUIZ CORREIA GONÇALVES DE OLIVEIRA 

ARYANE SANTOS NOGUEIRA

CARLOS MIGUEL RIBEIRO

CLAUDIA AMOROSO BORTOLATTO

CLAUDIA BEATRIZ DE CASTRO NASCIMENTO OMETTO

DARIO FIORENTINI

DIRCE DJANIRA PACHECO E ZAN

ELIANA AYOUB

ELISABETH BAROLLI

EVALDO PIOLLI

GEISA DO SOCORRO CAVALCANTI VAZ MENDES

GUILHERME DO VAL TOLEDO PRADO

INÊS FERREIRA DE SOUZA BRAGANÇA

JOÃO VILHETE VEIGAS D'ABREU

JOSE CLAUDINEI LOMBARDI

LIANA ARRAIS SERODIO

LILIAN CRISTINE RIBEIRO NASCIMENTO

MARA REGINA LEMES DE SORDI

MARA REGINA MARTINS JACOMELI

MARCIA MARIA STRAZZACAPPA HERNANDEZ

MARIA JOSÉ PEREIRA MONTEIRO DE ALMEIDA

MARIA TERESA EGLER MANTOAN

MIRIAM CARDOSO UTSUMI

NEWTON ANTONIO PAICULLI BRYAN

NIMA IMACULDADA SPIGOLON

ORLY MANTOVANI ZUCATTO DE ASSIS

REGINA MARIA DE SOUZA

RENE JOSE TRENTIN SILVEIRA

ROBERTA BORGES ROCHA

ROGERIO ADOLFO DE MOURA

ROSEMARY PASSOS

SANDRA FERNANDES LEITE

SERGIO APPARECIDO LORENZATO

SERGIO FERREIRA DO AMARAL

VANESSA MOREIRA CRECCI

 

Para consultar as  informações de contato e o currículo de alguns desses docentes da FE, acesse:

https://www.fe.unicamp.br/institucional/pessoas/docentes