Linhas de pesquisa

 

  1. Currículo, Avaliação e Docência
    Estudos e pesquisas sobre currículo, avaliação e docência em suas relações sócio-político-culturais em contextos escolares e não escolares.
     
  2. Educação e Ciências Sociais
    Trata a dimensão social da educação a partir de diferentes perspectivas teóricas e metodológicas. A formação do pesquisador e do educador nessa linha se dá por meio de diálogos interdisciplinares em diferentes campos e temas de pesquisa.
     
  3. Educação e História Cultural
    Desenvolve trabalhos na perspectiva teórica e metodológica da história cultural e problematiza diferentes objetos e temas do campo educacional em duas dimensões: 1) a instituição escolar com seus ritmos, tempos e espaços, seus conhecimentos e suas práticas; 2) a educação como processo cultural que implica na inserção de indivíduos e grupos em diferentes esferas da vida pública, voltando-se a investigações no campo da saúde, do gênero e da sexualidade, das distintas manifestações e representações corporais, das artes, entre outras. Trata também da investigação da educação como manifestação de poderes e contrapoderes de instituições e grupos sociais distintos.
     
  4. Educação em Ciências, Matemática e Tecnologias
    Contempla estudos e pesquisas relativos: ao campo da Educação em Ciências, Matemática e Tecnologias - compreendidas como práticas culturais - sob as perspectivas histórica, filosófica e sociopolítica; às diferentes abordagens da linguagem nesse campo; ao desenvolvimento profissional, curricular e das práticas pedagógicas nesse campo.
     
  5. Estado, Políticas Públicas e Educação
    Estudos e pesquisas locais e (inter)nacionais de análise de políticas públicas de educação (história, formulação, implementação e avaliação de políticas); administração e sistemas educacionais, com ênfase nas relações entre Estado e Sociedade; planejamento, avaliação, legislação, financiamento, gestão e educação comparada na educação básica em seus diferentes níveis e etapas (educação infantil, ensino fundamental e ensino médio), modalidades de ensino (educação de jovens e adultos, educação a distância e educação profissional) e educação superior; bem como em redes culturais e suas formas de organização entre a sociedade civil e a sociedade política (movimentos sociais).
     
  6. Filosofia e História da Educação
    Contempla estudos e investigações sobre a educação, realizados do ponto de vista histórico e filosófico. Preservada a autonomia relativa de cada um desses campos do saber, na sua pluralidade, busca-se articuladamente o conhecimento e a discussão da educação, tanto na sua contextualização histórica como à luz dos seus pressupostos éticos, políticos e/ou epistemológicos.
     
  7. Formação de Professores e Trabalho Docente
    Esta linha constrói seus temas de pesquisa tendo como princípio a ação de ensinar/educar e suas implicações na formação de professores e suas políticas; na produção de saberes e conhecimentos; nas práticas de memórias e histórias; no trabalho e na profissionalização docente, em contextos de educação formal (básica e superior) e não formal, na perspectiva de educação para todos
     
  8. Linguagem e Arte em Educação
    Estudos e pesquisas acerca das co-relações de Linguagem e Arte em diferentes contextos educativos, compreendendo-as em suas dimensões metodológica e temática. Abordagem dos múltiplos aspectos pelos quais são pensadas e se materializam tanto em práticas, quanto nos sentidos e percepções de pluralidade e interpenetração das linguagens. Arte e Linguagem como potências produtoras de diferença em Educação.
     
  9. Psicologia e Educação
    Estudos sobre processos psicológicos implicados em fenômenos educacionais, sociais e culturais com vistas ao desenvolvimento e à aprendizagem.
     
  10. Trabalho e Educação
    Estudos e pesquisas que analisam a relação entre o trabalho e educação, tendo como referencial teórico as ciências humanas e sociais tais como a sociologia, antropologia, ciência política, história, economia, psicologia social e do trabalho. Constituem seus principais objetos de estudo as relações entre o trabalho e a educação nas suas múltiplas dimensões: as políticas públicas relacionadas ao trabalho e à educação; a divisão social e internacional do trabalho; o mercado de trabalho e sua dinâmica; a organização, a gestão e as condições de trabalho, bem como as características do emprego; assédio moral e bullying; subjetividade, identidade e saúde do trabalhador; ações formativas ocorridas em espaços escolares e não escolares; as profissões e ocupações; movimentos sociais, trabalho e educação; o (as) trabalhadores (as); as relações de classe, gênero, etnia e geração.